Dúvidas

Mastoplastia de aumento

A mastoplastia de aumento, também conhecida como implante de silicone nos seios, é um dos procedimentos cirúrgicos estéticos mais populares no Brasil. Com avanços significativos na segurança da anestesia e técnicas cirúrgicas, a demanda por essa cirurgia tem crescido constantemente.

mastoplastia de aumento

Neste artigo, abordaremos tudo o que você precisa saber sobre a mastoplastia de aumento, desde as indicações até o pós-operatório.

Indicações para a Mastoplastia de Aumento

Quem é a Candidata Ideal?

A cirurgia é geralmente indicada para mulheres com mamas pequenas, mamas desproporcionais ao corpo, correção de assimetria e seios flácidos. Além disso, é importante que a paciente esteja em boa saúde e tenha expectativas realistas sobre os resultados.

Combinando com Outros Procedimentos

Em alguns casos, a mastoplastia de aumento pode ser combinada com a mastopexia para um resultado mais harmonioso. Esta combinação é especialmente útil para mulheres que têm seios flácidos ou caídos.

Como é Realizada a Mastoplastia de Aumento

Antes de tomar a decisão de passar por uma mastoplastia de aumento, é crucial entender como o procedimento é realizado. A cirurgia envolve várias etapas, desde a escolha do tipo de anestesia até o fechamento das incisões.

Cada uma dessas etapas é meticulosamente planejada para garantir não apenas o resultado estético desejado, mas também a segurança e o bem-estar da paciente.

Nesta seção, vamos descrever em detalhes cada uma dessas etapas para que você tenha uma compreensão completa do que esperar durante a cirurgia.

Tipo de Anestesia

A anestesia pode ser local com sedação ou geral. A escolha entre as duas depende de vários fatores, como a complexidade da cirurgia, a saúde da paciente e a preferência do cirurgião.

Incisão e Técnicas

O cirurgião faz a incisão, que pode ser periareolar (ao redor da aréola), transaxilar (nas axilas) ou inframamária (abaixo dos seios). Cada técnica tem suas vantagens e desvantagens, que devem ser discutidas com o cirurgião.

Escolha dos Implantes

A escolha do tipo de implante é feita durante a fase de planejamento e pode ser influenciada pelo andamento do procedimento. Os implantes podem variar em tipo (silicone, gel, salinas), volume e formato (redondo, anatômico).

Inserção e Posicionamento do Implante

O implante pode ser colocado sob o músculo peitoral ou atrás do tecido mamário. A decisão é baseada em fatores como o volume desejado, a espessura da pele e as características anatômicas da paciente.

Fechamento das Incisões

Após a inserção do implante, as incisões são fechadas com suturas em camadas para garantir uma melhor cicatrização. Além disso, podem ser usadas colas ou adesivos cirúrgicos para ajudar no fechamento da pele.

Duração da Cirurgia

A cirurgia geralmente dura em torno de uma hora, mas este tempo pode variar dependendo da complexidade do caso e de outros procedimentos que possam ser realizados simultaneamente.

Pós-operatório

Cuidados Imediatos

O pós-operatório requer cuidados específicos, como evitar movimentos bruscos com os braços nos primeiros 30 dias e não pegar peso.

Drenagens Linfáticas e Outros Tratamentos

É comum a recomendação de drenagens linfáticas para ajudar na recuperação. Além disso, o uso de um soutien cirúrgico é crucial para a imobilização da mamoplastia.

Tempo de Recuperação

Os resultados finais geralmente são visíveis entre 4 e 8 semanas após a cirurgia, período em que a paciente deve seguir rigorosamente as orientações médicas para garantir uma recuperação bem-sucedida.

Dúvidas Frequentes

Gravidez e Amamentação

O implante de silicone pode ser feito antes da gravidez e não interfere na amamentação. No entanto, é possível que a mama torne-se mais flácida após a amamentação, necessitando de um novo procedimento.

Risco de Câncer e Outras Doenças

A mastoplastia de aumento não eleva o risco de câncer de mama. No entanto, é importante fazer o acompanhamento regular para garantir que tudo está em ordem.

Manutenção e Longevidade do Implante

Recomenda-se o acompanhamento da prótese de silicone a cada quatro anos. A troca só é necessária se houver algum problema identificado, como ruptura ou deformação do implante.

Conclusão

A mastoplastia de aumento é um procedimento seguro e eficaz para mulheres que desejam aumentar o tamanho de suas mamas e melhorar sua autoestima. No entanto, é crucial escolher um cirurgião plástico qualificado e seguir todas as orientações para um pós-operatório bem-sucedido.

O Dr. Jorge Moulim é um cirurgião plástico em Vitória (ES) com grande experiência em mastoplastia de aumento e nos mais diferentes tipos de cirurgias plásticas.

Dr. Jorge Moulim – CRM 7797-ES e RQE: 5959

  • Membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
  • Membro da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica
  •  Título de Especialista pela Associação Médica Brasileira

Agende uma consulta para saber mais detalhes!

Atualizado em: 05/09/2023

Sobre o autor | Website

Dr. Jorge Moulim – CRM 7797-ES Formação acadêmica: * Residência médica em cirurgia plástica pela Universidade Estadual Paulista * Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, confira o perfil, clique aqui. * Membro da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética * Membro do Colégio Brasileiro de Cirurgiões