Blefaroplastia – Dr. Jorge Moulim

blefaroplastiaOs olhos transmitem emoções, vitalidade e idade. Ao longo do tempo, passam por mudanças que geralmente fazem a pessoa parecer triste ou cansada. Com o processo de envelhecimento, as pálpebras podem ficar flácidas que, associadas às bolsas e inchaços, fazem com que o indivíduo pareça mais velho do que realmente é. A blefaroplastia pode ajudar a renovar e revitalizar o rosto com a diminuição da flacidez palpebral, dos excedentes de pele e das bolsas que se formam sob os olhos.

 

O QUE É A BLEFAROPLASTIA?

A blefaroplastia tem um grande poder de rejuvenescimento da face, tratando-se de um procedimento realizado em ambulatório com excelentes resultados.

blefaroplastia

 

 

blefaroplastia
Blefaroplastia – Antes
blafaroplastia
blefaroplastia – depois

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É um procedimento cirúrgico para remover o excesso de pele das pálpebras, podendo ser realizado exclusivamente na pálpebra superior ou inferior ou em ambas. Pode melhorar a pele ptótica (descaída) e os “papos nos olhos”, podendo ajudar a melhorar a visão de doentes que tenham as pálpebras superiores muito descaídas. O procedimento não remove as rugas “pés de galinha” dos cantos dos olhos, não elimina os círculos negros nem eleva as sobrancelhas. Para melhorar esses pontos, são necessários procedimentos diferentes da blefaroplastia.

A blefaroplastia pode ser combinada com outros procedimentos cirúrgicos, exemplo, lifting facial, rinoplastia, lifting das sobrancelhas, etc…

A blefaroplastia não pára o efeito do envelhecimento, mas pode melhorar o aspecto da área periorbitária.

ONDE SE LOCALIZAM AS INCISÕES?

As incisões são colocadas de forma a serem o menos perceptíveis possível, nas pregas naturais dos olhos, ou na conjuntiva. Pode-se dizer que ficam praticamente invisíveis ao fim de pouco tempo após a cirurgia.

QUE TIPO DE ANESTESIA É UTILIZADA?

A anestesia local é a mais frequentemente utilizada, embora muitas vezes se utilize também a anestesia local com sedação. No entanto, esta última vertente tem alguns acréscimos de custos.

QUAL O PERÍODO DE RECUPERAÇÃO?

O período de recuperação dura em regra 7 a 10 dias, consoante os casos.

 

Clique aqui e entre em contato conosco, ou ligue agora mesmo nos telefones e agende sua consulta com o Dr. Jorge Moulim.

Clique aqui e conheça mais sobre o currículo do Dr. Jorge Moulim.